Tempos

amelia

Faz tempo que não escrevo aqui no blog, como o blog nunca foi uma obrigação e sim um prazer, isso é algo que para mim “tá tudo bem”.

Meu aniversário passou, estou oficialmente com 33 anos de vida, e que vida. Deus sempre foi bom e leal comigo, eu é que nem sempre correspondi as suas expectativas, mas para frente. Fiz um encontro no meu aniversário com pessoas queridas e foi bom saber que eu tenho preciosidades comigo, minha família linda e amigos que são de verdade. A vida passou e eles continuam aqui, eu mudei, eles mudaram e a nossa amizade cresceu. Minha quantidade de amigos cresce bem devagar, mas a qualidade é mantida. #osmelhoresamigosdomundo.

Com relação a família, hoje me peguei pensando que meus irmãos já possuem suas próprias famílias e que eu só tenho eles, minha mãe e meus irmãos, minha vida é bem completa e me sinto grata por ter tanto, mas ainda quero mais… claro que quero.

Ano passado meu aniversário foi comemorado e apesar de ter sido bom, não foi tão feliz, fazia um tempo que eu vivia uma sombra do meu eu, estava presa, deixei que as cadeias me aprisionassem e na prisão me sentia segura e apesar da saudade da minha vida entendia que ali era onde eu deveria está, até que a realidade foi me atingindo e de tanto me atingir conseguir cair em mim, peguei as chaves e corrir e mesmo me sentindo livre, de posse da minha vida, do meu ser, chorei com saudade da época que estive cativa de mim, da época em que os sonhos eram um borrão da minha alma, chorei, enlutei, mas não lutei, queria ser livre e para ser livres precisava vivenciar e libertar minha dor, até que ela não significasse mais nada, só passado, nem lamento.

Esse ano, foi alegre e eu louvo a Deus por isso. 33 anos, tendo Deus como amigo é uma honra e um presente, espero que aos 83 anos ou mais nossa relação seja ainda melhor.

Vamos de dor, bom nem tudo tá perfeito, minha hernia discal tem incomodado bastante, saudade de quando eu nem lembrava que tinha coluna, só acordava, levantava da cama, caminhava e começava meu dia até terminar é … minha rotina mudou um pouco… acordo várias vezes durante a noite, pois a posição que eu estou começou a incomodar, daí eu faço um ritual de posições até encontrar uma que eu consiga sair da cama, e caminhar um pouco, meio corcunda dentro de casa e depois deitar e tentar uma posição diferente. O mês terminou e eu preciso fazer compras, mas ainda não sei como vou fazer para subir dois lances de escadas com compras. Emagrecer tá complicado, a dor me entristece, fico ansiosa e como, como e porque como engordo e assim a dor aumenta.

Pensando em fazer cirurgia bariátrica e tentar perder penso na “faca”, ainda estou pensando, vou conversar com alguns profissionais, não vou falar muito sobre isso, pois ainda não e decisão tomada e  porque não tenho muito o que dizer.

O que eu posso falar é que a dor tem me tirado a calma, a felicidade e a paz, mas tenho seguindo em frente como sempre fiz e faço. sigo e creio que o melhor sempre irá acontecer, que o choro pode durar um tempo, mas logo as coisas saúde, vida profissional, vida sentimental essas coisas todas vão melhorar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s