Retornos

trabalho

Depois de 22 dias na casa da minha mãe retorno para casa e por mais que a casa da minha mãe seja minha casa é maravilhosa a sensação de voltar para a minha casa, meu apezinho pequeno e querido. Minha prima estava aqui e cuidou de tudo enquanto eu estava lá na mãe e sou muito grata por isso.

Só retornei, pois no dia seguinte eu estaria de volta para o trabalho e aqui de casa é mais simples ir e voltar do trabalho.

No 23 dia eu voltei para o trabalho e devo confessar um certa ansiedade, como não ficar ansiosa, depois que tudo praticamente mudou, mas graças a Deus, foi feliz, todos me receberam com alegria e saudade, recebi bons abraços e sorrisos lindos, apenas uma pessoa que quis dá uma Elza do filme Fronze, mas eu sou puro calor, abracei sua frieza e a aqueci com um abraço cheio de calor. Não tenho motivos para ficar triste, na verdade tenho muitos motivos para comemorar. Deus sempre maravilhoso.

Tenho ainda muitas pessoas para encontrar, pacientes que eu quero muito bem. E que eu sei que sou querida por eles. E lindo! Não trabalho no local dos meus sonhos, mas posso dizer que sou feliz no meu trabalho. Gosto do que eu faço ali, de certa forma me sinto ajudando as pessoas e eu gosto muito disso.

Voltei para casa, mais leve, mais tranquila e sim, um pouco mais feliz.

Falando um pouco de Bariátrica, perdi 12,2 quilos com 23 dias de cirurgia. Graças a Deus, continuo sem perceber, mas pra frente que ainda falta muito.

Anúncios

Bariátrica – Dieta Liquida e pastosa

506499111389828acf6e2e9c3dbbb9f2

Passei 10 dias na dieta liquida e no momento estou no 20 dia de dieta pastosa. E sim, não é fácil e olha que eu me considero tranquila.

Dieta liquida

Minha dieta liquida eu podia beber: água de coco (natural), Gatorade, caldo de feijão, chás, sucos, sopas. O fato de você não sentir fome ajuda bastante nessa fase, pois mesmo bebendo pouco você não sente fome, mas a vontade de comer já é outros quinhentos.

Água de coco eu adoro, dava vontade de tomar mais do que o permitido. Gatorade eu tomava que nem remédio, caldo de feijão era o que há, mesmo coado no pano, dentro da minha cabeça foi o que manteve de pé. Os sucos que eu tomei foram os de melancia, melão e arrisquei o de maracujá, mas fiquei com azia e suspendi. Os chás eu não aguentava me fazia sentir que estava doente então só tomei quando estava no hospital, as sopas deliciosas, minha mãe que preparou e ela teve todo o cuidado de mudar os temperos e os sabores, tomei sopa de frango carne e peixe. Todas deliciosas, graças a Deus e minha mãe.

Todas essas comidinhas são liquidas coadas, mas preserva o sabor. Não é ruim e passa e você fica desejando a pastosa, mas quando chega pertinho de começar a pastosa me bateu um medo, medo de sentir dor de entalar de qualquer coisa, só medo.

Na pastosa a vida fica um pouco mais emocionante e ao mesmo tempo lenta, medo de entalar, mastigar devagarinho, querer comer e sentir o sabor, mas o processo é tão lento que você perde o gosto de comer, a comida chega quente e no meio da refeição já esfriou, pelo menos eu, passo bastante tempo para terminar de comer e isso desestimula, mas é bom, comer pão de leite e mastigar, gente mastigar é bom demais

Minha dieta pastosa, tá feliz, sopas processadas que eu sempre gostei, purê de batatas, arroz molinho, carne, frango, essas coisas… sucos, o Chá de Hortelã já aceito na dieta ovo cozido e aos poucos a vida começa a voltar para o local que você quer.

Vale dizer que até agora não entalei, nem sentir dores, mas sigo a risca as recomendações da nutricionista e da fonoaudióloga referente a alimentação e mastigação.

E que você olhando pode pensar que é fácil, mas temos que ter a cabeça muito no lugar, pois não comemos sozinhos, eu na verdade nem gosto de fazer minhas refeições só e você tem que ver as outras pessoas comendo o que você não pode nem pensar em comer no momento, oferecendo coisas para você, pois elas sabem que você gosta e as pessoas não são obrigadas a lembrar que você realizou um processo cirúrgico, mas eu sim, preciso lembrar e recusar com um sorriso.

Esse final de semana minha família se reuniu e as refeições foram fartas e de coisas que eu gosto muito, por ex: tapioca, bruaca, pão com ovo ou pão com mortadela, macarronada e pra terminar um churrasco. Então, não não é fácil se você desejar manter as pessoas por perto. A escolha de fazer a cirurgia foi nossa e quem enfrenta as consequências dessa decisão somos nos.

Trabalho

cropped-computador.jpg

Nem tudo são flores nesse momento da minha vida. estou com 19 dias que realizei minha cirurgia, meu médico me deu 30 dias de licença médica, mas terei que voltar antes e por isso diminuir meus dias de atestado, nessa sexta retorno ao trabalho e volto bastante preocupada, pois minhas chefes diretas estão bastante insatisfeitas por eu ter realizado esse procedimento cirúrgico, pois apesar de melhorar a minha qualidade de vida a minha ausência no trabalho não tem sido bem tolerada.

Preciso do trabalho e gosto de lá, pessoas, pacientes, amigas e colegas de trabalho e sou completamente fascinada pela empresa que me deu oportunidade e que é linda em sua estrutura e no fato de investir em seus colaboradores, mas no meu setor as boas práticas ainda não chegaram, logo não fazem parte da minha realidade e o desejo do meu coração é mudar de setor e para mais perto onde todas as coisas acontecem, tenho estudado para não parar de crescer, mas não sei como será meu retorno. Espero que seja bom e feliz, mas receio que não será. Vamos ver.

Bariátrica

Perda-de-peso-após-cirurgia-bariátrica-pouco-se-deve-à-restrição-na-ingestão-de-alimento

Depois de correr atras de todos os laudos, depois de muitas idas e vindas no médico. Chegou o dia da minha cirurgia, estava agendada para ás 17 horas, mas desci para o centro cirúrgico ás 18h. Assim que cheguei fui falar com o meu cirurgião e fui para a sala, chegando lá , a anestesista conversou comigo aplicou uma injeção e eu apaguei, quando acordei já estava na sala de recuperação.

O pior momento ate agora foi exatamente esse, eu não sabia quanto tempo eu fiquei em cirurgia, mas sabia que já era mais de 22 horas, meu peito doía bastante, minha barriga doía bastante e junto com tudo isso uma náusea desgraçada. Mas, mesmo quando eu tentava provocar não saía nada porque não havia nada no meu estomago, estava há mais de 10 horas sem comida ou aguá. Me sentir muito mal e graças a Deus as meninas me atenderam com muita paciência e cuidado, meu médico veio conversar comigo e depois disse que ia falar com a minha mãe que estava no quarto e certamente estava bastante preocupada.

Ainda na sala de recuperação percebi que tinha um aparelho de pressão no meu braço direito e que nas minhas pernas até o joelho estavam envolvidas com um tipo de meia que inflava e comprimi minhas pernas, tinha um oxímetro no meu dedo verificando saturação e aquelas ventosas para realizar eletrocardiograma.

Voltei para o quarto três horas depois, cheguei no quarto eram 2:15 da manhã e minha mãe muito legal que ela é, me colocou para caminhar e assim me livrar dos gases. Minha noite foi terrível, muita dor no peito, um desconforto e ânsia de vomito.

No próximo post falo dos outros dois dias.

Vou fazer a Bariátrica!

73670ae91b3fd456520f2f0ce8ac4a2b

Finalmente minha cirurgia foi marcada, será na segunda feira a tarde. E eu acho que essa era a hora que eu começo a ficar ansiosa, mas não estou, e eu fico pensando se a ficha caiu de verdade. Se eu me toquei que desse momento em diante eu terei que mudar todo o meu estilo de vida e não estou super valorizando a situação. Sou gorda, mas já fui magra e engordei porque adoro comer coisas gordas, gosto de pizza sim, mas ninguém come pizza todos os dias, mas macarrão com molho branco ou molho vermelho sim, sopa de batata com cebola, leite com achocolatado com pão com queijo, tapioca com ovo, refrigerante acompanhando todos eles. Sushi, carne, sanduba, waffes com nutella, nutella, sorvete com Karo… e minha lista vai longe… eu sei que o que engorda não é o almoço, mas todas as outras refeições.

Lendo minha dieta para os próximos 10 dias em que basicamente vou me alimentar de líquidos coados: sucos, chás claros, sopa… e Depois são mais 15 dias de dieta pastosa… e desse dia em diante tenho que respeitar meus horários de refeição, para evitar mal estar.

Vou expor meu corpo ao um trauma cirúrgico para que eu consiga, finalmente, respeita-lo e cuidar da minha saúde. Muita gente já me falou dezenas de coisas que poderiam me fazer desistir, mas o que muita gente não entende é que acima de qualquer coisa eu não estou me submetendo ao uma cirurgia bariátrica porque não consigo me olhar no espelho, eu gosto da minha pessoa, gosto muito por sinal, mas o que eu não gosto de verdade foram as vezes que eu acordei e fui paralisada pela dor da minha coluna, ou de todos os dias que eu só conseguia andar curvada, pois ficar ereta doía mais do que eu suportava, por chorar ou ver uma pessoa espirrar , pois eu sabia que não podia espirrar, tossi, entalar, pois a dor era paralisante, sim, foi e é complicado, não sou de reclamar, não sou de ficar de cara fechada porque o meu corpo está dolorido, mas mesmo assim fui grossa com pessoas queridas, pois depois da fisioterapia eu tinha que trabalhar e quando chegava no trabalho eu estava com tanta dor que não me sentia capaz de ser legal e depois tinha que pedi desculpa, pois a dor era minha e eu era quem precisava lidar com ela. Quando viver doí e alguém te oferece uma opção que não é operar sua coluna, não tem como fazer outra coisa a não ser realizar.

E é isso que eu estou fazendo, terei que abandonar coisas bem legais, mas em contra partida, poderei pensar em viajar, poderei pensar em subir escadas com peso das minhas compras sem ter que tomar um rémedio para dor, poderei pensar em ter filhos, em descer do insano de colocar meus sobrinhos no braço e brincar com eles… são tantos benefícios e esses são APENAS os associados a minha coluna ainda tem o beneficio adicional da perda do peso, por exemplo: cruzar as pernas, sentar em cadeiras de plastico e não passar o tempo todo pensando que vai cair, não entalar em cadeiras ou em catracas de ônibus e por ai vai, não ser ponto de referencia, poder usar biquine, eu amava…

A cirurgia é um risco, eu sei! vou ter que mudar minha rotina, eu sei! Vou sofrer, eu sei! Vou passar por situações de panico, eu sei! Porém eu também sei de todas essas essas coisas que eu descrevi aqui e muito mais, por isso estou trabquila, mas eu entendo quando todas as pessoas me perguntam as suas dúvidas e me passam os seus medos, elas não sabem o que eu sei.

Vou fazer a bariátrica e estou feliz por saber das privações que não vou mais precisar viver!

 

Fechando ciclos

Quando fiquei de férias eu tinha uma lista de coisas para solucionar, coisas que eu não conseguir fazer durante o trabalho, sou daquelas pessoas que não gostam de faltar o trabalho. Então fiz uma listinha na minha agenda para me situar melhor, funciono melhor com listas.

The questionnaire

  1. Divorciar
  2. Autorizar minha cirurgia
  3. Realizar minha cirurgia
  4. Pintar uma parede da minha casa
  5. Fazer minha mesa de cavaletes
  6. Comprar e instalar minhas cortinas
  7. Resolver pendencias da minha mãe
  8. Vender minhas alianças
  9. Cadastrar minha digital no banco
  10. Resolver minha pendencia na Enel
  11. Castrar a Agata

1. Dei entrada no processo do Divorcio e entrei com o litigioso, devido a minha última conversa com o meu futuro ex marido. Dei entrada na Defensoria Pública do Estado, pois lá o processo é gratuito. 2. Conseguir autorizar minha cirurgia bem a tempo, graças a Deus. 3. Ainda não realizei minha cirurgia o que me deixa maio ansiosa e o que faz minha cabeça dá várias voltas com a quantidade de perguntas que as pessoas fazem a respeito da minha cabeça e do sofrimento que eu vou passar etc. Eu acredito que estou bem, minha cabeça está boa, só quero finalizar esse ponto. 4. Pintei a parede da minha casa de amarelo. Pintei em dois dias e ao meu ver ficou linda, do jeito que eu sonhei. Ainda comprei mais um quadro, o que totaliza 4 quadros na minha parede amarela da sala. 5. Ainda estou no processo de fazer minha mesa de cavaletes e pretendo terminar hoje, próximo post estarei escrevendo dela. 6. minhas cortinas estão instaladas e são lindas, as duas são cinzas e as duas são lindas. Deu um acabamento lindo para a minha casinha. 7. Fomos em várias instancias procurar uma divida que sempre é sinalizada, mas que nunca fomos notificados e sempre que vamos a procura uma empresa envia para outra, dessa vez fomos no PROCON e agora é aguardar. 8. Ainda não coloquei elas a venda, já cotei o preço do ouro, mas nem sei o que fazer direito. 9. BANCO OK. 10. Minha conta no antigo apartamento ainda estava ativa e eu não sabia ate que chegou uma conta, fui lá resolver, mas acabei resolvendo por telefone. #adoroaenel 11. Castração da Agata, realizada, mas vou fazer um post só sobre isso.

 

Sê valente

Amigos, Feliz dia do amigo! =D

Ainda na corrida para conseguir os laudos acabei por descobrir que tenho um nódulo no pulmão. No momento em que a médica, disse, tão naturalmente da mesma forma que falou que eu tinha seios bonitos, sim, essas coisas acontecem nas minhas consultas. Acho que ficamos bem a vontade. Voltando a noticia, me deu riso de nervoso, mas na minha cabeça gritava um belo “%$#&qPario” como posso ter um nódulo no pulmão, não basta a hérnia discal, os 6 nódulos + 1 cisto na mama, dois miomas nos ovários e uma pedra na vesícula eu ainda tinha que ter um nódulo no pulmão? Nem sentir medo de ser câncer, de verdade, tenho levado tanta porrada com relação a minha saúde que a única coisa que eu penso é que eu preciso resolver isso. Preciso verificar todas as possibilidades. Amanhã começo a realizar os exames, até segunda vou ter tudo feito, quero retornar na médica próxima semana mesmo.

Vou no cirurgião também.

Parece que o menino das borboletas encontrou sua própria borboletas e dou graças a Deus de não ter e envolvido tanto assim, mas agradeço a oportunidade que eu tiver de me sentir viva, saber que eu ainda serei capaz de me relacionar sem sentir um pingo de culpa.

Mês que entra vou dá entrada nos papeis do divorcio e concluir mais essa fase. Ao meu ver o mês de agosto será um divisor de águas em minha vida. Antes, muito antes eu tinha outros planos para esse mês, mas o coração do homem faz planos, porém a resposta vem dos lábios do Senhor. E eu O louvor por isso.

Parece que tudo está dando errado, mas na verdade tudo tem dado certo, eu só não sei onde vou chegar, porém eu sei que será lindo. Tenho aprendido sobre ter fé em tempos nublados, e que não podemos crer pela metade, temos que saber que a nossa ancora é o Senhor, Ele é O que diz: Sê Valente.

Corrida dos laudos

Tive minha primeira consulta rumo aos laudos da bariátrica. Foi com a Fono e para minha sorte é uma amiga muito querida e super profissional. Muito legal ouvir a opinião profissional de uma amiga, a abordagem dos fatos que ate agora eu só havia lido em depoimentos nos grupos, sobre entalo, refluxo dentre outras coisas e todas essas estão relacionadas com a mastigação a qualidade da atenção no momento das refeições, todas essas coisas que sempre ouvimos falar e não levamos a serio.

Levei uma fruta, maçã, para o atendimento para que ela pudesse analisar minha mastigação, qual lado da boca eu utilizo mais para mastigação e por incrível que pareça eu mastigo mais do lado que eu pensava não mastigar. Hoje vou ter uma outra consulta com ela, e vou levar pão carioquinha, para ela analisar minha mastigação.

Fui no meu ortopedista, um doutor super atencioso que me acompanha há mais de um ano. Esperava uma atitude mais negativa por parte dele, mas para a minha surpresa ele foi super compreensivo, tendo em vista que eu não tive perda e sim reganho de peso nesse período em que ele me acompanha e me deu a justificativa necessária.

A tarde fui na psicologa e para a minha surpresa ela me deu o laudo sem muito “mimimi” confesso que fiquei um pouco frustrada queria ter uma consulta de fato, avaliações e quem sabe me entender melhor. Mas ela me deu o laudo e não preciso voltar lá. Menos um laudo.

Estou começando a acreditar que minha cirurgia vai sair para agosto.

Em busca dos laudos!

laudos

Exames concluídos, fui ao médico e o mesmo gostou do que viu, ainda estou no limite com relação ao peso necessário para a realização da cirurgia que é IMC 35+ Comorbidades que no meu caso é a Hérnia de Disco.

Essa semana começo a buscar os laudos dos profissionais: Psicólogo, Fonoaudiólogo, Cardiologista, Pneumatologista, Nutricionista, Endocrinologista e uma justificativa do meu Ortopedista. Tem outros laudos que são necessários, mas esses o Dr. disse que posso consegui-los no hospital, já conseguir os laudos do Endocrinologista e cardiologista, tenho consulta agendada com a Fono e com o Ortopedista para a próxima semana, na terça vejo quais serão os meus horários com a psicologa e com a Nutricionista. Desejo ardentemente que todo esse processo seja concluído em um mês, para que eu possa realizar a cirurgia nas minhas férias. Se tudo caminhar como está caminhando vai dar certo sim.

Com relação minha cabeça, bem rola muitas coisas, muitas ideias e medos e são eles: Será que vou conseguir ter uma vida de privações? será que vou acabar tendo reganho de peso e todo esse trauma será por nada? será que vou ficar feia e esquelética? pois apesar de gorda sou bonita e saudável. Será que vou sentir dores insuportáveis? será que vou ter complicações…. e assim vai. Teve um dia que acordei convicta que não iria realizar o precedimento, durou pouco e foi a única vez que eu me sentir assim, na maioria das vezes eu sinto paz com essa decisão. Converso bastante sobre isso com a minha mãe e irmã e com algumas meninas que realizaram o procedimento com o mesmo médico que eu vou fazer.

Orando para que essa paz me acompanhe sempre, mas eu sei que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que vivem de acordo com os propósito do Senhor e esse sempre tem sido o meu desejo, então se tudo for dá certo será para o meu bem e se não der também será.

Agora é correr para conseguir esses laudos nos próximos 20 dias.

Exames

flacidez-760x507

Todos os exames estão prontos. Falta apenas recebe-los e voltar para o consultório do cirurgião e esperar passar para a segunda fase; os laudos.

Quero muito fazer minha cirurgia no mês de agosto, mas ultimamente estou com medo de não dá tempo, o pensei que o exame de Selênio e Zinco (exame de sangue) fosse demorar tanto, ao que me parece deixei para fazer os exames mais demorados por último, mas fica complicado quando se trabalha o dia inteiro e casa saída ou atraso não são bem vistos. Vou voltar no Dr. Ney no finalzinho deste mês.

Já comecei assediar a Fono e a Nutricionista a respeito dos laudos e marquei a endocrinologista, já que essa tem a agenda super concorrida, amanhã vou conversar com a psicologa com quem eu trabalho e ver se ela pode fazer minha avaliação, se não tenho que correr para encontrar vaga em um outro consultório.

Sobre o medo, bom esse continua firme e forte, claro, não sou boba, sei que toda cirurgia tem seu risco. Entrei em um grupo no Facebook de pessoas que vão fazer ou que já fizeram a Bariatrica e todos falam abertamente dobre as dificuldades que encontraram pelo caminho, então isso me diz que nada será fácil, mas nessa linda vida que Deus me deu a única coisa que veio fácil foi a família maravilhosa e meus amigos e amigas, o restante eu tive que correr para ter.

O que eu vejo nos meus “amigos” que passaram por essa cirurgia é que a vida deles mudou de forma absurda, não somente as medidas, mas a forma de ver e se relacionar com o mundo.

Quando se é gordo desde muito tempo como eu, acabamos nos acostumamos com frases e ações ofensivas. Não imagino como será o mundo sem precisar ouvir alguns absurdos. Um dia de cada vez.