Retornos

trabalho

Depois de 22 dias na casa da minha mãe retorno para casa e por mais que a casa da minha mãe seja minha casa é maravilhosa a sensação de voltar para a minha casa, meu apezinho pequeno e querido. Minha prima estava aqui e cuidou de tudo enquanto eu estava lá na mãe e sou muito grata por isso.

Só retornei, pois no dia seguinte eu estaria de volta para o trabalho e aqui de casa é mais simples ir e voltar do trabalho.

No 23 dia eu voltei para o trabalho e devo confessar um certa ansiedade, como não ficar ansiosa, depois que tudo praticamente mudou, mas graças a Deus, foi feliz, todos me receberam com alegria e saudade, recebi bons abraços e sorrisos lindos, apenas uma pessoa que quis dá uma Elza do filme Fronze, mas eu sou puro calor, abracei sua frieza e a aqueci com um abraço cheio de calor. Não tenho motivos para ficar triste, na verdade tenho muitos motivos para comemorar. Deus sempre maravilhoso.

Tenho ainda muitas pessoas para encontrar, pacientes que eu quero muito bem. E que eu sei que sou querida por eles. E lindo! Não trabalho no local dos meus sonhos, mas posso dizer que sou feliz no meu trabalho. Gosto do que eu faço ali, de certa forma me sinto ajudando as pessoas e eu gosto muito disso.

Voltei para casa, mais leve, mais tranquila e sim, um pouco mais feliz.

Falando um pouco de Bariátrica, perdi 12,2 quilos com 23 dias de cirurgia. Graças a Deus, continuo sem perceber, mas pra frente que ainda falta muito.

Anúncios

Metas 2017

Metas 2017
101 coisas em 1001 dias

Aqui no blog, em meu e-mail e na porta do meu guarda roupa tenho escritas minhas metas, não são bem metas de um anos, na verdade tem uns seis anos que sigo um projeto que são 101 coisas em 1001 dias e até agora tem dado certo, são poucas as coisas que não realizo o que é muito bom. No inicio de 2017 eu prometi para minha pessoa que seria um ano memorável, que eu iria viver e realizar coisas que melhoráriam minha vida, meus relacionamentos, meu trabalho.

Algumas coisas são bem bobas, principalmente quando se trata de compras e outras são bem serias e que terão impactos no futuro.

Mas posso dizer que esse nove meses de 2017 tem sido um ano de realizações. Um ano bom de se viver. Não quero dizer fácil, mas com grandes e pequenas coisas realizadas.

Minha família tá bem, estamos unidos, meus amigos estão mais próximos, tenho corrido atrás da minha saúde, minha casa tem ficado cada dia mais com a minha cara, meu sorriso tem tudo haver comigo, tenho mais controle dos meus sentimentos, o que passou ficou no passado, graças a Deus.

Finalmente, depois de um processo cirúrgico, estou perdendo peso e tendo que me render a uma reeducação alimentar, enfrentei meu medo de dentista, fui na mastologista… meu dinheiro tá direcionado para coisas que de fato eu preciso, claro que vez por outra eu pedia um sushi que não estava nos planos, mas ninguém é de ferro.

Ainda tenho muito o que realizar, mas o que me deixa feliz e grata é que existe poucos motivos para lamentar, muito o que se sonhar. Posso afirmar que não sou a rainha do foco, mas as coisas estão mudando e mais uma vez tenho que dizer que sou grata a Deus por isso.

 

Fechando ciclos

Quando fiquei de férias eu tinha uma lista de coisas para solucionar, coisas que eu não conseguir fazer durante o trabalho, sou daquelas pessoas que não gostam de faltar o trabalho. Então fiz uma listinha na minha agenda para me situar melhor, funciono melhor com listas.

The questionnaire

  1. Divorciar
  2. Autorizar minha cirurgia
  3. Realizar minha cirurgia
  4. Pintar uma parede da minha casa
  5. Fazer minha mesa de cavaletes
  6. Comprar e instalar minhas cortinas
  7. Resolver pendencias da minha mãe
  8. Vender minhas alianças
  9. Cadastrar minha digital no banco
  10. Resolver minha pendencia na Enel
  11. Castrar a Agata

1. Dei entrada no processo do Divorcio e entrei com o litigioso, devido a minha última conversa com o meu futuro ex marido. Dei entrada na Defensoria Pública do Estado, pois lá o processo é gratuito. 2. Conseguir autorizar minha cirurgia bem a tempo, graças a Deus. 3. Ainda não realizei minha cirurgia o que me deixa maio ansiosa e o que faz minha cabeça dá várias voltas com a quantidade de perguntas que as pessoas fazem a respeito da minha cabeça e do sofrimento que eu vou passar etc. Eu acredito que estou bem, minha cabeça está boa, só quero finalizar esse ponto. 4. Pintei a parede da minha casa de amarelo. Pintei em dois dias e ao meu ver ficou linda, do jeito que eu sonhei. Ainda comprei mais um quadro, o que totaliza 4 quadros na minha parede amarela da sala. 5. Ainda estou no processo de fazer minha mesa de cavaletes e pretendo terminar hoje, próximo post estarei escrevendo dela. 6. minhas cortinas estão instaladas e são lindas, as duas são cinzas e as duas são lindas. Deu um acabamento lindo para a minha casinha. 7. Fomos em várias instancias procurar uma divida que sempre é sinalizada, mas que nunca fomos notificados e sempre que vamos a procura uma empresa envia para outra, dessa vez fomos no PROCON e agora é aguardar. 8. Ainda não coloquei elas a venda, já cotei o preço do ouro, mas nem sei o que fazer direito. 9. BANCO OK. 10. Minha conta no antigo apartamento ainda estava ativa e eu não sabia ate que chegou uma conta, fui lá resolver, mas acabei resolvendo por telefone. #adoroaenel 11. Castração da Agata, realizada, mas vou fazer um post só sobre isso.

 

Decoração

Minha casa é pequena, bemmm pequena mesmo,deve ter uns 35m² tem uma cozinha americana e sala e no outro compartimento é meu quarto que eu coloquei o guarda roupa para imitar uma parede, banheiro e área de serviço, eu já acho que a casa tem a minha cara, mas ainda falta muito para ficar do jeito que eu quero.
Ontem fui com minha mãe, irmã, cunhado e sobrinho na Leroy Merlin, juro que ia só para acompanhar, mas a gente começa a ver tanta coisa linda, acabei comprando um quadro, pequeno 30×30, mas tinha tanta coisa que eu desejei colocar no carrinho: cortinas, dois tipos, tapetes, luminária de chão, adesivos para cozinha… aff uma loucura.
São nesses momentos que sabemos 3 coisas:
1. Sou lisa (disso eu não esqueço jamais)
2. Tem muita coisa linda no mundo. 
3. E sou consigo a segunda quando conquistar a primeira.
​Falta muito para minha casa ​ficar como eu quero, mas não tenho como viver um mês em um dia, temos que viver um dia de cada vez. E cada compra é super feliz. E a minha casa, bem, sou feliz aqui e isso é o que realmente importa.
Nem sempre posso ter itens de decoração, pois ainda tenho que comprar coisas da casa mesmo. Mas tá dando certo, tenho certeza disso.
Essa imagem que tem no post é a do quadro que eu comprei agora, já tenho 3 quadros da minha futura parede de quadros.
quadro
Só que o meu é verde!

Quadros DIY

Oi gente,

Mudei recentemente e estava planejando modificar dois quadros 30 x 30 que eu tinha em casa. Na verdade não gostava muito da gravura dele, mas foram dados com tanto carinho. Que ficavam pendurados em uma das minhas paredes e sempre que eu os via lembrava da pessoa linda que me presenteou.

Mas, nessa última mudança decidi reformar os quadros e para quem não sabe, trabalhei uns dois anos em uma molduraria, e aprendi umas coisinhas, mas fazia muito tempo que eu não desmontava e montava um quadro.

Mas é super simples. Você vai precisar de um estilete, mas faca de cozinha resolve, um alicate, martelo, paninho limpo, jornal, tinta spraycola e fita adesiva.

1Passo: Coloque o quadro em uma superfície lisa e forrada com um pado.

2Passo: Coloque o quadro já existente com a frente para baixo. Quando fizer isso vc verá que na parte de traz do quadro tem uma fita adesiva cor de madeira. Passe o estilete sem fazer força e você vai sentir uma parte que afunda. Passe o estilete nos quatro lados, nesse momento você irá cortar a fita e sentir onde estão os pregos.

3Passo: Tire os pregos com o alicate, (guarde esses pregos, pois vamos utilizar-los novamente) com cuidado, pois se o seu quadro tiver vidro, como o meu tinha, todo cuidado é pouco para evitar que ele quebre.

4Passo: Desmonte o quadro. Tire a madeira, que está na parte de traz do quadro, normalmente é um MDF, a gravura existente pode está colada nesse MDF ou solta. Mas isso não é relevante.

5Passo: Retire o vidro e reserve em local seguro, bem como os MDF’s

6Passo: Forre o chão com um papelão ou jornal para não fazer sujeira e pinte as molduras da cor que você achar mais adequada, eu escolhi preto, pois combinava com as gravuras e com o ambiente onde elas ficarão. Pinte uma vez toda a superfície, espere 10 minutos e dê outra demão da pintura e reserve, deixe secando por 24 horas.

7Passo: Molduras pintadas e sequinhas, hora de montar seu quadro. Pegue a cola, o MDF e a gravura da sua escolha. Passe a cola no MDF e depois coloque a sua gravura, use o paninho para retirar qualquer possível bolha.

8Passo: Com o mesmo paninho limpe os vidros

9Passo: Pegue as molduras, coloque sobre a superfície plana, sempre lembrando de forrar com um tecido, coloque primeiramente o vidro, seguido da gravura que está colada no MDF (observe se a gravura está do lado que você deseja, tendo como referencia o fixador da parede). Hora de usar os pregos que você retirou no inicio, e coloque mais ou menos no mesmo local que você retirou, nesse momento você utiliza o martelo, batidas suaves, sempre lembrando do vidro. E finaliza colocando a fita adesiva para dá o acabamento e cobrir os pregos.

Depois é só pregar na parede.

IMG_20170306_203404913
ANTES
IMG_20170307_073837584
DEPOIS

OBS: Minhas gravuras eu escolhi no Pinterest e pedi para minha prima, ajustar as medidas e imprimir em um papel grosso. Pedi para ela, pois a mesma trabalho com MKT Digital e impressões, logos, essas coisas. @studio227criando

 

 

Sem pressa

cafeAmo os finais de semana, sou do tipo que dança assim que acorda, um sambinha bom ao som de Chico Buarque, abri a geladeira e poder escolher o que vou fazer para o café da manhã, fazer cafe forte e pegar goma de tapioca colocar na frigideira e esperar a mágica acontecer, a goma ganhar liga e se unir e rápido o café da manhã tá pronto.

Sentar na mesa com café, café que as vezes, outras suco, mas sentar e comer sem pressa, sem precisar está em outro lugar. É assim que eu gosto do meu café, nem forte, nem franco, gosto do café sem pressa, gosto de ler de assistir e se tiver outras pessoas gosto de conversar, quem sabe até a hora do almoço, era assim lá em casa, nossos momentos de café da manhã eram regados de conversa, risadas, sonhos, noticias, opiniões, sorrisos, alegria, comunhão.

Acredito que por isso eu ame tanto o momento de sentar na mesa e comer, comer desarma é algo que fazemos com as pessoas que queremos bem.

Todos os meus sábados e alguns domingos são assim, felizes, aqui ou na mãe ou na casa de um dos meus irmãos é algo que aprendemos e que cada valoriza, cada um do seu jeito.

 

Morando Sozinha

Morar sozinha tem sido uma verdadeira loucura, não estou dizendo que é ruim, é totalmente o contrário de ruim é muito bom. Chegar em casa do trabalho, fazer qualquer coisa ou simplesmente fazer nada, sair com quem eu quiser, voltar se eu quiser. É tanta liberdade que chega um momento em que precisamos parar e pensar em como administrar toda essa liberdade que der repente ficou disponível.

porta

Que você pode sair todas as noites, mas que você não tem mais 17 anos, o corpo cansa e a mente tem que está descansada para trabalhar no outro dia e os olhos precisam está dispostos a abrir um pouco depois do sol nascer, então nada de dormir perto da hora de acordar, deixa esses momentos, para as sextas e sábados, na semana tenta chegar antes da meia noite. Pode ser síndrome de Cinderela, mas.. tem dado certo.

Cuidado com quem vai para a sua casa. Sei que nem todo mundo é como eu sou, sou o tipo de pessoa que chega em um ambiente e facilmente conhece todas as pessoas, mas não é por maldade, mas não sou boa em gravar nomes, as vezes algumas fisionomias. Mas, muita gente acredita que é “meu chegado” e quer chegar aqui em casa, com uma intimidade que eu não dei. Então, não convido todo mundo, só e muitas vezes os que não precisam de convite os que são de casa, não importa a casa, são de casa desde quando eu morava com a mãe.

Homens, gente é um assunto tenso, mas sendo eu uma mulher que mora sozinha, existe um ar de sexo fácil, sem nem precisar levar para jantar, ou mandar flores, chega chegando você faz o jantar e ainda é a sobremesa, só que não. Decidir que na minha casa trago os amigos e “os outros” ainda não são uma demanda que eu precise me preocupar no momento, mas que terei que criar regras para quando a demanda surgir.

Geladeira. Gente, essa parte é tensa, pois quando vou as compras tenho plena certeza que posso viver de mini pizza, sorvete, guaraná Antártica e leite com Toddy, mas não pode ser assim, tem que comprar arroz, macarrão, carne, frango, temperinhos, e assistir muitos videos e ler receitas para incentivar a cozinhar para um. Mas da certo, depois da primeira, na verdade lá pela terceira encontramos o equilíbrio do que é do dia a dia, e daquelas guloseimas para dias especiais e finais de semana.

Então, fique ciente que morar sozinha exige algumas regras, mas a diferença que são regras que você esta escolhendo, não existe ninguém te dizendo como ou o que fazer, é mais uma das suas escolhas.